segunda-feira, 7 de maio de 2012

Beijos Inesquecíveis...



Quiçá novamente em seus beijos
Ei de me perder de novo em amor
De língua lamber os teus dedos
De lambidas gozar sem pudor.


Entrando novamente em contexto
Do texto incomparável: Ah esse amor!
Eu penso nos nossos momentos
Beijos quentes, frenesi, suor, mom amour.


Um beijo de muitos minutos
A “troca do quarto”, o “degelo do frigo”...
Serviram só, para abusar, deitar e rolar
O tempo não foi perdido...


Larguei da tua boca, tão bem sugada,
De pernas bambas e dois gritinhos...
Eu vi teu falo aumentar, quase a jorrar..
A me ver gozar com beijinhos.

Lígia Marques
15-04-2012